Exercícios de osteoporose para idosos

.

Os exercícios de osteoporose para mulheres mais velhas são uma ótima maneira de prevenir uma maior deterioração da massa e densidade óssea. Se você sofre de osteoporose, certos exercícios são muito mais eficazes para melhorar a densidade mineral óssea (DMO) do que outros. Continue lendo para descobrir quais exercícios são os melhores para você.

Antes de iniciar um programa de exercícios para osteoporose

A osteoporose pode ter um impacto sobre os exercícios que você pode fazer com segurança, especialmente se sua condição progrediu desde o primeiro diagnóstico. A segurança é de extrema importância ao selecionar um regime de exercícios com osteoporose

Fale com o seu médico

Sempre que iniciar um regime de exercícios, você deve entrar em contato com seu médico para uma avaliação e discutir os tipos de exercícios que está interessado em fazer. Alguns movimentos podem causar lesões ou agravar lesões atuais, especialmente exercícios de alto impacto. Seu médico pode querer realizar uma varredura de densidade óssea antes de liberá-lo para exercícios.

Anúncios

Comece devagar

Não exagere ao começar a se exercitar. Seu corpo precisa de tempo para adquirir força e resistência; empurrar o corpo para fazer um movimento para o qual não está preparado pode resultar em lesões.

Exercícios eficazes de osteoporose para mulheres e homens mais velhos

Se você já tem osteoporose, não será capaz de recuperar a perda óssea, mas pode impedir que ela piore. O cálcio é absorvido pelo corpo quando há necessidade e os exercícios são uma das melhores maneiras de aumentar a demanda por cálcio. Se você decidir não fazer nada, seus ossos podem se tornar muito mais frágeis e você pode ficar mais suscetível a ossos quebrados devido a uma queda.

Três tipos de exercícios de osteoporose

Três dos melhores tipos de exercícios para osteoporose para mulheres mais velhas são flexibilidade, resistência e levantamento de peso.

Flexibilidade

Os exercícios de flexibilidade ajudam a prevenir lesões porque suas articulações podem se dobrar com muito mais facilidade se você cair. O alongamento frequente também é importante para quem tem osteoporose.

• Yoga (modificado para reduzir a torção do corpo e as curvas na cintura) aumenta a flexibilidade. Encontre um instrutor de ioga que entenda as necessidades especiais dos participantes com osteoporose.
• Pilates (modificado como acima com ioga) pode ajudar a fortalecer seu núcleo. Observe que nem todos os movimentos do Pilates são apropriados para pessoas com osteoporose avançada.
• Além disso, o tai chi pode aliviar o estresse com seus movimentos lentos e fluidos.

Treinamento de força

O fortalecimento dos músculos pode ajudar a proteger os ossos e, na verdade, pode ajudar a retardar ou evitar o aparecimento da osteoporose. O treinamento de força envolve o uso de pesos e a execução de movimentos específicos. Você pode usar pesos livres ou máquinas específicas projetadas para treinamento de força – ou você pode usar faixas de resistência ou peso corporal. Fale com um médico, fisioterapeuta ou personal trainer certificado que seja bem versado em clientes com osteoporose para descobrir quais exercícios de treinamento de força são adequados e seguros para você. Os exercícios de força comuns recomendados para pessoas com osteoporose incluem:

A rosca bíceps com pesos leves é um exercício de força bastante seguro que não requer flexão na cintura.

As pranchas, quando feitas de forma correta, podem ser um exercício adequado de fortalecimento de corpo inteiro que fortalecerá o núcleo e a coluna

Exercício aeróbio com sustentação de peso. Os exercícios de levantamento de peso são aeróbicos e incluem caminhada, dança e aeróbica de baixo impacto. Consulte um profissional médico para saber qual exercício aeróbico é apropriado para você. É melhor fazer movimentos de sustentação de peso por pelo menos 30 minutos por dia (se permitido pelo seu médico), mesmo que você divida em incrementos menores. O exercício aeróbico também beneficia o coração.

Exercícios de osteoporose a evitar

O seu médico irá aconselhá-lo sobre os exercícios que deve evitar, pois podem ser diferentes para cada indivíduo. Em geral, porém, geralmente é aconselhável evitar estes exercícios:

• Atividades de alto impacto, como pular
• Treinamento de força envolvendo pesos pesados
• Exercícios envolvendo torção e flexão na cintura
• Flexões, abdominais ou qualquer coisa que coloque pressão na coluna
• Qualquer exercício que agrava as lesões existentes
• Qualquer exercício que seja doloroso


Divirta-se com exercícios

O exercício às vezes pode parecer uma tarefa árdua, mas se você o fizer com outras pessoas, pode se tornar uma ótima atividade social. Muitos centros de idosos têm aulas de ginástica nas quais você pode participar, ou você pode convidar pessoas do centro para fazer alguns exercícios com você. Quanto mais pessoas você encontrar que querem se exercitar com você, melhores serão suas chances de se manter motivado e estar fisicamente apto. É hora de retomar o controle do seu corpo e se divertir enquanto faz isso!

Bons exercícios e boa qualidade de vida