Quer sair do sofá?  Veja algumas dicas?

Praticar esporte de forma regular e deixar o sedentarismo tem um efeito poderoso no nosso organismo. Além do aumento da disposição, alívio do estresse e melhora do sono, ajuda a prevenir doenças cardíacas, hipertensão e diabetes.

Mas mesmo sabendo dos benefícios, muita gente ainda encontra dificuldades de ter uma vida ativa, o que pode ser alterado com algumas dicas simples e efetivas.

Disciplina é a senha 

Antes de mais nada, disciplina é a senha: você precisará decidir se quer realmente mudar de vida e fazer uma atividade física e se programar da mesma forma quer cumpre seus horários de almoço, café da manhã e horário de dormir. Precisará agendar seu compromisso com a atividade física. Por exemplo, se você tem um horário livre entre o almoço e o retorno ao trabalho, pode, muito bem, programar fazer uma caminhada de 10 minutos, duas vezes por semana, para iniciar. E vai alimentando o volume de acordo com o passar do tempo e sua disponibilidade, em um ritmo confortável. Transforme esse horário em sagrado para a atividade física. Detalhe, isso precisa virar uma rotina e fazer em dias intercalados… Como a maioria das pessoas tem celular, você pode baixar um aplicativo que marque sua distância percorrida. Um dos aplicativos interessantes é o Strava, que acumula seus dados e você pode comprar seu histórico., ensina o Prof. Luis Tavares.

Por isso, separamos cinco passos que ajudam qualquer pessoa a colocar o esporte na rotina e colher seus benefícios.

  1. Escolha uma modalidade que te dê prazer

O primeiro passo para deixar o sedentarismo é escolher uma modalidade esportiva prazerosa para praticar. E isso pode significar coisas diferentes para cada pessoa.

Corrida, ciclismo, musculação, crossfit… cada esporte traz um tipo de benefício e se encaixa melhor no gosto de um perfil de praticante. Encontrar o seu esporte é o primeiro passo.

Anúncios
  1. Treine perto de casa ou do trabalho

Não adianta achar uma modalidade e se apaixonar por ela se você não conseguir encaixá-la na rotina. Treinar perto de casa ou do trabalho é um fator que ajuda milhões de atletas pelo mundo a manter a assiduidade e ganha ainda mais importância em grandes cidades por eliminar os deslocamentos e a consequente perda de tempo no trânsito.

Uma alternativa eficiente é utilizar a academia do prédio como ‘sede’ dos treinos. Os condomínios mais recentes têm espaços esportivos tão completos quanto diversas academias comerciais. E quando você acabar o treino, é só pegar o elevador e voltar para casa.

  1. Envolva-se em atividades cotidianas

Outra maneira para ter uma vida menos sedentária é se movimentar em atividades simples no dia a dia. Sabe o treino na academia do prédio? Use as escadas na hora de voltar para casa.

Trocar o elevador pelas escadas, em casa e no trabalho, é uma alternativa. Outra é fazer alguns deslocamentos diários a pé ou de bicicleta, em vez de usar o carro. Esse tipo de atitude ajuda a moldar seu condicionamento físico e vai ajudar na evolução.

  1. Estipule metas alcançáveis

Traçar metas é uma das maneiras mais eficazes de garantir motivação para os treinos por um período longo. Só é preciso garantir que estes objetivos sejam compatíveis com seu condicionamento físico e tempo dedicado ao esporte.

Estipular uma meta impossível de ser alcançada pode gerar o efeito contrário ao desejado, a frustração.

  1. Treine com amigos

Treinar ao lado de amigos também pode ser um impulso importante para quem quer colocar o esporte no dia a dia. Além de a atividade ficar mais divertida, o senso de compromisso de saber que alguém está te esperando para treinar diminui a chance de desistência.

Compartilhar os resultados com os amigos, presencialmente ou virtualmente, é outro motivador poderoso.

By Consultoria: Prof. Luis Tavares

E.C. Tavares – Assessoria Esportiva

https://www.ectavares.com.br/