Correr é para qualquer um

Segue algumas estratégias para quem quer se iniciar no esporte mais democrático do mundo.

A corrida é um esporte democrático e pode ser feito por praticamente qualquer pessoa. A explicação é simples: o movimento é natural do organismo. Você anda e sabe como acelerar, se for preciso, isso é quase inconsciente. Confira três dicas que podem te ajudar no primeiro contato com a corrida:

 

Como iniciar os treinos com segurança?

O primeiro passo para começar a praticar atividades físicas é consultar um médico e estar com os exames em dia. Depois disso, você pode buscar um programa de treinamento adequado às suas necessidades, que respeite os seus limites e considere seu condicionamento atual. Seria interessante consultar um treinador e um nutricionista, que vão ajudar a definir qual deve ser a sua rotina de treinos e acompanhar o seu progresso.

 

Comece fazendo provas de 5 km.

Distâncias curtas são uma ótima porta de entrada para quem está começando, pois geralmente permitem que o corpo se adapte aos treinos sem ficar muito sobrecarregado. Também são ideais para quem tem cerca de meia hora por dia para se exercitar e para quem está retornando de lesão. E mais: corredores que já se cansaram de provas mais longas podem renovar a motivação e investir em velocidade.

 

Vale a pena reduzir o álcool?

Sim. Bebidas alcoólicas geralmente vêm carregadas de calorias. Mas não pára por aí. O álcool prejudica o uso da gordura como combustível. Se você bebe muito, o fígado, responsável por centenas de tarefas, prioriza uma delas: metabolizar o álcool. E deixa de processar outros carboidratos, lipídios e proteínas, que acabam se acumulando em forma de gordura.

 

Dicas de Exercícios

Para ajudar na preparação para a corrida, uma atividade complementar que pode ser adotada é a musculação. Com duas a três sessões por semana (em dias alternados à corrida), o corredor consegue através desse exercício fortalecer os músculos envolvidos na corrida, melhorando a performance e evitando lesões. No vídeo ao lado, você pode assistir a seis exercícios de musculação indicados para corredores.

Anúncios

Na corrida de rua você tem o desgaste, principalmente, da musculatura dos membros inferiores. Por isso a musculação é importantíssima no que se refere ao tônus muscular. O corredor tem que trabalhar musculaturas específicas, como o quadríceps -que é o músculo da coxa-, glúteo, posteriores de coxa e a panturrilha. Fortalecendo essas estruturas, ele terá uma economia de esforço e um rendimento melhor.

 

Dicas de Nutrição

Procurar orientação para o planejamento alimentar quando se inicia a prática esportiva é de suma importância, o programa deve ser individual, respeitando os limites e, assim, evitando hipoglicemia ou uso de suplementos sem indicação.

O programa alimentar deve ser planejado de acordo com peso, idade, altura, hábitos alimentares, exames laboratoriais e prática esportiva. Antes da atividade, é bom comer uma fruta, barra de cereal ou um bolinho integral de 20 a 25g de carboidratos e duas castanhas do Pará (mantém a glicemia constante).

 

 

by Redação