3 exercicios de fortalecimento do core

Todo corredor que se preza sabe que para correr bem precisa ter um corpo forte. Força muscular aliada a um corpo bem alinhado melhora a mobilidade, além de preservar as articulações durante exercícios de alta intensidade. E, quando falamos de corrida de rua, não podemos esquecer que o fortalecimento do core é fundamental.

Corra forte na corrida

A região do core contempla os músculos abdominais, da lombar, pelve e quadril. É o centro de gravidade do nosso corpo, chamado de “cubo da roda”, “zona de força” ou “zona de energia” – e onde grande parte dos movimentos é iniciada.

Além disso, o core é responsável pela geração de força, manutenção do equilíbrio, estabilidade e melhora da coordenação durante o movimento. Segundo artigo publicado na NSCA’s Performance Training Journal, fortalecer o core ajuda a manter a postura, criar movimentos, coordenar ações musculares e permitir estabilidade, absorção, geração e transmissão de força para o corpo todo.

Esses três exercícios abaixo ajudam a fortalecer o core e você pode fazer em qualquer lugar. De quebra, ainda vai ganhar um abdômen definido nessa “brincadeira”.

Fortalecimento do core: 3 exercicios

Abdominal no rolinho

Anúncios

É uma flexão clássica de braço, mas o movimento parte do zero. Exige muito do core, que estará conectado com a função de mobilidade do ombro. Desafia a estabilidade lombar no gesto da amplitude máxima da flexão e fortalece bastante o core. Perfeito para fazer antes de correr e preparar o corpo para o exercício.

Como fazer

Deite encostando o peito e barriga no chão, mantendo as mãos e pés suspensos. Inicie o movimento de flexão normal, colocando as mãos e pés no chão e fazendo o movimento de erguer o corpo com os braços e pernas esticados. Na volta, deite-se novamente como na posição inicial e repita.

O rolo ajuda a trabalhar flexão e extensão de ombros dentro de uma base rígida, estável, que é o tronco. Além disso, também permite uma progressão de intensidade durante a execução de acordo com a amplitude de movimento.

De joelhos, coloque o rolinho à frente do corpo. Tanto faz segurar no centro da barra (entre as anilhas) ou na parte lateral do rolinho. Mantenha a coluna vertebral alinhada e deslize para a frente. Volte para a posição inicial e repita.

Mountain climbing

É um trabalho de estabilidade lombar dinâmico aliado à flexão e extensão de quadril e joelhos. A alternância das pernas simula a demanda que o corpo vai ter para estabilizar a lombar durante uma corrida.

Como fazer

Na posição de flexão, com as duas mãos apoiadas no chão, braços esticados e pernas estendidas atrás, faça uma alternância de pernas em um ritmo rápido. Enquanto uma fica esticada atrás, a outra vem para a frente com o joelho dobrado em um movimento rápido.

Este movimento simula uma escalada na montanha, pois simulamos a angulação da passada em um plano inclinado. Eleva bastante a frequência cardíaca, é excelente para ajudar no fortalecimento do core e mexe com a mobilidade dos quadris sem perder a estabilidade lombar.

Dead stop push up

É uma flexão clássica de braço, mas o movimento parte do zero. Exige muito do core, que estará conectado com a função de mobilidade do ombro. Desafia a estabilidade lombar no gesto da amplitude máxima da flexão e fortalece bastante o core. Perfeito para fazer antes de correr e preparar o corpo para o exercício.

Como fazer

Deite encostando o peito e barriga no chão, mantendo as mãos e pés suspensos. Inicie o movimento de flexão normal, colocando as mãos e pés no chão e fazendo o movimento de erguer o corpo com os braços e pernas esticados. Na volta, deite-se novamente como na posição inicial e repita.

 

 

Redação