Exercícios de força para se tornar um corredor melhor

Para elaborarmos essa matéria fomos conversar com o ultramaratonista Heroi Fung e abaixo estão alguns de seus conselhos.

Para que você se dê bem na corrida de rua, seus treinos não devem se limitar às planilhas, que dizem quantos quilômetros você precisa correr a cada dia e com qual intensidade. Quando você passa a investir nas passadas, é importante que o seu programa de exercícios também inclua exercícios para ficar forte, pois eles são responsáveis por manter o corpo e a musculatura preparados para aguentar o impacto que a corrida traz para as articulações.

Mas quais são os melhores exercícios quando o assunto é corrida?

O ideal é que você fortaleça o core (centro de força do corpo que abrange os músculos das costas, da barriga e do quadril).

Ele traz a melhoria da força muscular por desenvolver os músculos posturais e reduzir, assim, o risco de lesões e, claro, ganhar no desempenho. Especialmente em corridas de longa distância, esses músculos têm grande influência nos estágios finais do percurso, quando a fadiga aparece e a sua postura começa a desmoronar.

Quanto mais forte forem os seus músculos, mais tempo você conseguirá manter a boa postura, o que naturalmente se traduz em um melhor desempenho.

Anúncios

Os músculos do core ajudam a manter o corpo ereto, fazendo a transferência de energia e sustentando o peso do corpo. Para trabalhar essa região, o mais indicado é que você aposte no treinamento funcional.

Esse tipo de atividade faz com que você realize diversos movimentos, fora os da corrida, de maneira mais eficiente, já que trabalha a força, a resistência, a coordenação, a flexibilidade e o equilíbrio.

Movimentos de puxar, agachar, levantar, erguer, empurrar, estender e flexionar alguma parte do corpo, utilizando a própria resistência dos membros e com ajuda de resistências externas, fazem parte do treinamento funcional.

Para o corredor, os movimentos realizados ajudam na economia de energia, já que o treino prioriza o equilíbrio entre as partes do corpo, o fortalecimento geral e específico dos músculos, o trabalho de propriocepção e o equilíbrio dinâmico.