Corrida na terceira idade: nunca é tarde para começar

Quem começa a se exercitar mais tarde, requer cuidados especiais

Nunca é tarde para começar uma atividade física. Com a popularização da corrida, cresce cada vez mais o número de corredores de todas as idades. E o interesse da atividade por pessoas na faixa dos 60 anos não é diferente. No entanto, quem começa a se exercitar mais tarde, precisa tomar alguns cuidados especiais. O primeiro passo é a monitoração.

Antes de começar uma atividade física, o atleta da terceira idade precisa se submeter a um check-up. E esse exame completo abrange consultas ao cardiologista, pneumologista, endocrinologista, ortopedista, fisioterapeuta e nutricionista. Uma vez liberado para praticar atividade física, o esportista da terceira idade precisa começar a se exercitar devagar. A frequência cardíaca é um detalhe fundamental que precisa ser acompanhada.

Além do trabalho do coração, outro ponto importante é monitorar a parte muscular e as articulações. Se a intenção do novo atleta é correr e se ele está acima do peso, é fundamental que a pessoa emagreça e atinja o peso ideal para não sobrecarregar as articulações. Entre uma atividade e outra, o idoso necessita de um tempo maior de descanso do que o atleta mais jovem, entre 72 e 96 horas após um treino intenso.

Fonte: http://noticias.r7.com/saude/noticias/corrida-na-terceira-idade-nunca-e-tarde-para-comecar-20120524.html

Deixe uma resposta